Loading
Sara York

Sara York

Educadora, UERJ

educadora, trans e travesti. Deficiente visual e graduada em Letras e Pedagogia, Msc em Educação – ProPEd/UERJ, integrante do GENI (Grupo de estudos em gênero, sexualidade e Interseccionalidade em educação e saúde – ProPEd-UERJ), GE-SER (Grupo de estudos em gênero e raça – NEPP-DHPP-UFRJ), GEREFFON (Grupo de estudos em relações raciais, feminismos e outras fontes dissidentes - PPFH-UERJ), IBTE (Instituto Brasileiro Trans de Educação) e ANTRA (Associação Nacional de Transgêneros e Travestis). Para além, é professora e aluna na UERJ e apresentadora no Brasil 247 . Mestre em Educação pela  Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), com a dissertação intitulada Tia, você é homem? Ativista pelos direitos LGBTQI+, faz parte da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra) no Brasil.

Foi voluntária na ONG Britânica Sahir House, no Reino Unido, que atua em ações de inclusão de refugiados oriundos do Médio Oriente e de África. Foi premiada, em 2017, com a Medalha ALUMNI da Universidade Estácio de Sá pelos trabalhos científicos por ela desenvolvidos na instituição e pela sua atuação junto à comunidade.É coeditora do livro Corpos transgressores: políticas de resistência. É, igualmente, autora de capítulos e artigos científicos, debruçando-se, especialmente, sobre a vivência transsexual e travesti e a sua relação com a educação. A sua investigação centra-se atualmente nos movimentos transsexual e intersexo no campo da educação e da formação educacional.