Delegação brasileira volta da Bett Londres com novas ideias, networking e negócios

Redação Bett

A Bett UK de 2022 recebeu a visita de uma delegação brasileira de mais de 100 pessoas ligadas à educação, a maior comitiva do Brasil já registrada pela organização do evento. São professores, gestores e empresários que voltaram para a casa com uma imensa bagagem de novas reflexões, contatos e até com perspectivas para novos negócios. 

Para Fabia Antunes, diretora pedagógica do Colégio Lourenço Castanho, participar de eventos é uma parte importante da formação dos educadores. “Sou da área acadêmica, mas conhecer as inovações e trocar experiências em eventos assim é algo que também compõe a formação”, afirmou ela ao final de sua primeira participação na Bett UK. 

Além da possibilidade de conhecer a feira em si, Fabia elogiou a organização de visitas a instituições de ensino britânicas. “Na Open University pude conhecer pesquisadores que estão com conteúdo aberto - e já vou aplicar alguns questionários sobre a fluência digital. Depois da visita à King’s College, compartilhei informações sobre o Stem Education Hub com minha equipe e eles já estão entrando, vendo as pesquisas”, contou. Stem é a sigla em inglês para Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática. 

O Stem Education Hub é uma iniciativa liderada pelo pernambucano Arthur Galamba, diretor na King’s College e um dos palestrantes da Bett Brasil, que tenta aproximar educadores dos dois países que trabalham com a abordagem Stem. “É para que a gente aprenda de lá para cá; e de cá para lá. Educadores do Brasil têm muito a ensinar para o resto do mundo - e muito que aprender. Esse intercâmbio é importante, mas sem copiar e colar”, afirmou depois de trocar experiência com parte do grupo de brasileiros em Londres.

Marcelo Martins, coordenador de TI do Colégio Pentágono, acredita que ter ido à Bett UK foi uma oportunidade de conhecer presencialmente o que há de mais novo, para manter sua instituição na vanguarda do uso pedagógico das tecnologias. “Com certeza valeu muito a pena a viagem. A visita a escolas foi muito rica e, na feira, vi novidades interessantes, como os projetores que transformam os ambientes da escola em espaços interativos”, disse ele. 

Ministro Victor Godoy Veiga e Adriana Martinelli, diretora de conteúdo Bett BrasilRepresentantes do MEC também estiveram em Londres para aprender e contar sobre iniciativas brasileiras. Victor Godoy Veiga, que atualmente está no cargo de ministro da educação, classificou a agenda em território britânico como muito “rica”.  “São reuniões e visitas que trazem perspectivas novas”, afirmou.  

Segundo Veiga, a tecnologia tem um papel auxiliar nas escolas, com o potencial de fornecer informações para que o professor aplique as melhores práticas pedagógicas aos seus alunos. “A feira faz um grande elo, ao unir empresas e governos, para que as inovações cheguem ao nosso conhecimento. Assim podemos fazer a avaliação, dentro das nossas necessidades, nossos desafios, e adaptar aquilo que for melhor”. 

 

 

 

Negócios

Mesmo para representantes brasileiros de empresas da área de educação, a visita à feira internacional foi avaliada de forma positiva. Michel Godoi, CEO da Reeducation, elogiou a possibilidade de fazer um networking qualificado dentro da própria comitiva. “Assim como a gente aprende com quem está expondo, com quem está fazendo palestras, a gente aprende com quem está aqui. São especialistas em educação, muitos com experiência de uma vida toda”, comentou ele, que também esteve em 2022 pela primeira vez na Bett UK. 

Danielle Andrada, diretora da Eduinfo, já é uma “veterana” em participações no evento, mas faz questão de voltar sempre. “É uma renovação de ideias”, afirmou ela, que aproveitou para fazer contatos e está em negociação para levar marcas britânicas para o Brasil. Danielle destaca que a tendência clara deste ano é a diversão. “Vi ambientes com muita interação, games, os e-sports. A tecnologia junto com a diversão vai tornar o aprendizado mais fácil para essa nova geração”, avaliou. 

A diretora de vendas da Alert Informática, Renata Ribeiro, aproveitou para conhecer pessoalmente alguns profissionais que ela só falava por email e para aumentar o alcance dos serviços que oferece. “Fizemos algumas reuniões com escolas que querem utilizar o Minecraft e precisam capacitar os professores. Nossas reuniões foram para escolas com atuação global, porque uma ferramenta dessa precisa de formação e, mundialmente, essa é uma questão”, disse. 

 

 

 

* Este conteúdo é oferecido pela ação brought to you by Red Balloon English School em parceria com a Bett Brasil. As inscrições para o congresso e credenciamento para visitar a Bett Brasil 2022 já estão abertas. Outras novidades serão apresentadas até a data do evento, e serão anunciadas em seu site brasil.bettshow.com e redes sociais oficiais @bettbrasil.

 

Tags

  • bett
  • brasil
  • brasileira
  • com
  • conhecer
  • da
  • de
  • delegao
  • dos
  • e
  • educao
  • em
  • est
  • ideias
  • j
  • londres
  • muito
  • na
  • negcios
  • networking
  • novas
  • o
  • para
  • que
  • uk
  • uma
  • visita
  • volta
View all Bett Blog
Loading

PARCEIROS


 

Apoiadores