Entrevista com Douglas Silva, CMO da STEP: Um olhar atento para a comunicação com a família

Redação Bett Blog
Entrevista com Douglas Silva, CMO da STEP: Um olhar atento para a comunicação com a família

A 3ª Jornada Bett, realizada nos dias 5 e 6 de outubro, em Recife (PE), organizada e promovida pela Bett Brasil, maior evento de Educação e de Tecnologia da América Latina, colocou no centro dos debates a “Gestão escolar e Inovação na aprendizagem: como lidar com os desafios?". Para dialogar sobre a pauta do tema principal, o evento reuniu educadores, gestores, mantenedores e líderes educacionais de Ensino Básico do setor privado da Região Nordeste do Brasil, em oito painéis, com 30 palestrantes que são referência da comunidade educacional.

O Bett Blog conversou com Douglas Silva, da STEP, uma das empresas patrocinadoras do evento. O executivo pontuou suas visões sobre gestão educacional e como a STEP propõe a Robótica Educacional como diferencial para as escolas, com tecnologia 100% nacional e desenvolvimento de habilidades, atitudes e valores para resolução de desafios e problemas reais por meio de projetos. Confira a entrevista com o CMO da STEP.

Bett Blog - como manter uma boa conversa com as famílias desde a matrícula?

Douglas Silva, CMO da STEP - Podemos dizer que nossa solução ajuda os gestores a terem uma carta na manga. Com a flexibilidade dos nossos projetos, eles têm um diferencial em qualidade, tempo e conexão com as disciplinas curriculares. A conversa na sala de matrícula é estimulada principalmente por esses aspectos, quando a família conhece as possibilidades que a robótica STEP proporciona no desenvolvimento das crianças, como a ludicidade, pensamento computacional, técnico, competências atitudinais e emocionais, além de muitas outras habilidades desenvolvidas pela prática da robótica. Desde forma, as famílias se sentem mais seguras em manter ou iniciar uma relação com a escola.

Dentro da nossa solução existe também a formação pedagógica para o melhor aproveitamento das aulas de robótica. Os professores não precisam ser especialistas, pois tudo que é necessário é querer inovar em suas aulas, engajar seus alunos, gostar de aprender e ensinar.
Bett Blog - Quais são as competências e habilidades do século XXI que o líder ou gestor escolar precisa para estimular os alunos do Ensino Básico?

Douglas Silva, CMO da STEP - O que os alunos precisam desenvolver com certeza é saber lidar com as frustrações, saber pensar diferente, gerar possibilidades e desenvolver a empatia. Essas três frentes bem trabalhadas ajudam a formar um cidadão mais equilibrado, resiliente, preparado para os desafios da vida real e que sabe respeitar outras pessoas.


Bett Blog – Como a gestão pode ajudar a desenvolver uma escola com iniciativas inovadoras?

Douglas Silva, CMO da STEP - A gestão baseada em conversar e ouvir! Se o gestor abrir portas para conversas, tanto com pais, alunos, professores, equipe, fornecedores e souber ouvir o ponto de vista de cada um, será um ótimo caminho para conhecer a escola em sua essência de diversos pontos de vista. E, assim conseguir ter iniciativas inovadoras, tomar as melhores decisões. Claro que é sempre importante que a escola e a gestão estejam atualizadas e buscando referências. Uma boa dica é sair um pouco da bolha, buscar referências fora do seu nicho, ampliar os horizontes. São ações que muitas vezes trazem ótimas oportunidades.


Bett Blog – Pensando no longo prazo, quais são os próximos passos da STEP para contribuir com o cenário educacional do país?

Douglas Silva, CMO da STEP - Os próximos passos da STEP com certeza serão altos. Queremos ampliar nossa atuação em todas as regiões do país e, com isso, atingir pelo menos 50% dos Estados brasileiros até 2025. Somos uma empresa de tecnologia educacional, com uma equipe super criativa que está sempre desenvolvendo algum novo projeto, sempre com foco no aluno. A novidade que podemos adiantar é uma parceria internacional que estamos firmando para trazer uma solução para o ensino infantil e também a produção de todos os nossos materiais na língua inglesa. 

Douglas Silva, CMO da STEP  

Douglas Silva, CMO da STEP

Bett Blog - Por que a STEP decidiu participar da Jornada Bett em Recife?

Douglas Silva, CMO da STEP - Nós decidimos participar da Jornada Bett em Recife por dois motivos: primeiro, porque já estávamos interessados em ampliar nossa atuação na região Nordeste; segundo, porque de acordo com as nossas pesquisas, a região ainda não tem um grande avanço em relação a cultura maker e robótica, e isso nos intrigou bastante, pois é uma região com grande potencial. O cenário educacional do Nordeste, fora das capitais, na nossa visão, carece de mais atenção, principalmente após essa pandemia devastadora que machucou bastante a educação em todo o Brasil e também no Nordeste.

Tags

  • gestao educacional
  • inovação
  • tecnologias
  • Transformacao Educacional

Categories

  • Gestão Educacional
Voltar ao Bett Blog
Loading

Veja também

Loading